Agora adventista, Angus T. Jones deixa a série “Two and a Half Men”

Por em 2, maio 2013
angustjones

Angus T. Jones: Decisões importantes, consequências também.

Ashton Kutcher e Jon Cryer assinaram contrato para fazer mais uma temporada de “Two and a Half Men”, mas ao que tudo indica, Angus T. Jones não estará no elenco fixo do seriado na décima primeira temporada. As informações são do site “Entertainment Weekly”.

A Warner está negociando apenas participações especiais do autor, já que o personagem que interpreta, Jake, estará na faculdade, ou seja, ele não terá papel fixo.

Em novembro do ano passado, Jones, frequentador da Igreja Adventista do Sétimo Dia, gravou um vídeo dizendo aos telespectadores que  parassem de assistir à série, evitando encher a cabeça com coisas sujas. ”Você não pode ser uma pessoa temente a Deus e fazer uma série como essa. Eu sei que eu não posso. Eu não estou bem com o que a Bíblia diz sobre estar nesse show de TV”, chegou a dizer na época.

“Two and a Half Men”, que estreou em 2003 e é produzida por Chuck Lorre, que também responsável por “The Big Bang Theory”, conta a história de três solteiros que vivem em Malibu, na Califórnia (EUA).

Além de Jones, a série conta com o ator Jon Cryer, que interpreta o pai de Jake, Alan Harper. O seriado era co-estrelado por Charlie Sheen, que deixou o programa após divergências com a produção, sendo substituído por Ashton Kutcher (o bilionário Walden Schmidt).

Atualmente, Kutcher recebe  700 mil dólares (cerca de 1,4 milhão de reais) por cada episódio de “Two and a Half Men”.

Na época, a atual presidente da CBS, Nina Tassler, disse que o canal e o ator haviam se acertado. “O menino tem 19 anos. Eu tenho um filho de 24 anos. Entre os 19 e os 24, meu filho me disse uma série de coisas que eu não gostei de ouvir, mas o bom senso prevaleceu. Jones é um membro amado do elenco há anos e pediu desculpas pelo que disse”.

Segundo o site do jornal “Los Angeles Times”, Angus T. Jones ganha 350 mil dólares (cerca de 720 mil reais) por cada episódio da série.

Fonte: http://f5.folha.uol.com.br/televisao/1271487-cbs-renova-two-and-a-half-men-sem-angus-t-jones.shtml

Para pensar:

213884-640x480-1

Jones fez a escolha certa. Claro que novo na fé, ele certamente enfrentará dificuldades e dilemas consigo mesmo. Talvez em alguns momentos tenha até expressado algo bastante verdadeiro, mas de maneira agressiva demais. Isso tudo são coisas que Angus vai, ao longo da jornada cristã, amadurecer e passar a ponderar. Mas vale destacar aqui a decisão correta feita ao lado de Deus e a boa postura diante de escolhas difíceis e pressões sociais e familiares, já que a mãe o pressionou muito para que não deixasse a séria, que lhe rende dois terços de milhão de reais por episódio (leia-se bem: por episódio).

O testemunho de Angus está apenas no início, e cabe a nós, cristãos, orarmos por ele para que tenha forças dadas por Deus para permanecer em pé e resistir. Quanto a nós, que tal aproveitarmos a deixa e refletirmos em nossas escolhas feitas diariamente? Por um valor tão menor que o salário de Jones, tantas vezes eu tenho me influenciado pelo mundo e suas vantagens. Se não é diferente, então, assim como eu, você também precisa pedir auxílio de Deus. A foto acima nos ensina algumas coisas. Dois atores, dois personagens diferentes. Ambos se encontram no fato de não estarem mais nesta famosa série. Mas cada qual com seus motivos, e tão distintas motivações estas que podem mostrar ao mundo que a escolha de Angus em não participar é algo positivo, enquanto a de Charlie Sheen é triste e demonstra que ele precisa de ajuda profissional. De um lado, a alma da série deixa a mesma em meio a drogas, festas, orgias sexuais e orgulho ferido. De outro, um garoto toma uma decisão ao lado de Jesus. Charlie precisa de Deus, eu também. Angus precisa de Cristo, eu também. Todos nós estamos neste mundo, cada qual em seu estágio de aproximação ou distanciamento de Deus, mas todos precisamos estar ligados ao Pai. E você?

“Porque tenho para mim que Deus a nós, apóstolos, nos pôs por últimos, como condenados à morte; pois somos feitos espetáculo ao mundo, aos anjos e aos homens” (I Coríntios 4:9).

Deus seja louvado por nossas vidas!

Vídeo com o testemunho de Angus T. Jones:

Sobre André Marujo

André Marujo é consultor em Mídias Sociais, Marketing Digital e Comunicação Integrada. É o responsável pela comunicação digital da Seven Editora, incluindo as revistas Mais Destaque e Desbravar.

One Comment

  1. Niuca

    2 de maio de 2013 at 19:50

    Boa noite! Estou refletindo e agradecendo a Deus por cada situacao parecida a esta bencao de Jones. Por outra seria muito superficial dizer nao ou sim’ir ao cinema’ em angola quase que nao se faz sentir logo nao sentimos falta. ‘Devemos alimentar a nossa mente de coisas saudaveis,distribuir o nosso tempo de maneira a recolher…na 3 dimensoes:Espiritual,Mental e Fisico’NN

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>